Estado Livre

Minha foto

Bacharel em Administração Pública pela Universidade Católica de Brasília e FACAPE/PE, consultor em administração pública e, em desenvolvimento organizacional, com 46 anos de experiência na área pública iniciada no Exército e, que continuo em toda extensão da vida civil. Responsável por relevantes trabalhos em importância e quantidade, na área de formação e relacionadas ao desenvolvimento da administração pública e das organizações civis; dentre os quais: implantação de entes públicos, reformas administrativas e institucionais, incluindo implantação de município recém-emancipado, planos de carreira, regime jurídico dos servidores, concursos públicos, códigos tributários municipais, defesas de contas públicas, audiências públicas, controle interno, normas de posturas e ambientais, etc. Com a atuação ativa na área da filantropia e das organizações sociais. Com passagens e atuação no Rio de Janeiro, Brasília, Bahia e Pernambuco, onde, inclusive, fixou residência.      

domingo, 29 de janeiro de 2017

Autocrítica na escrita. Poesia







AUTOCRÍTICA


Lima Bahia

O que não assegura meus versos:
...à publicação e ao povo conhecê-los?!...
- O medo de não fê-los métricos!?...
- A rima pobre para fechá-los em apelos!?...
Poderá, até ser, não me sentir gramático!...
Ou talvez por não ser poético!...



Os que fazem cordéis, os que fazem repentes;
Acaso não são poetas de uma gente!?...
- Então, o que me aflige no registro?
É a análise morta do exigente crítico?!...



Dos meus professores, da gramática, hoje sou mestre:
Na percepção da vida e no uso da palavra.
Arrumando eu a oração não tem quem ateste,
No cumprimento das regras, limite que me crava.



Na certeza do pouco saber da poesia...
Mas, na esperança de ser lido um dia:
Pelos olhos especulativos de alguma colega
E musas que me fizeram sentir poeta;
Permaneço sempre escrevendo e tentando
Ser poeta e, sempre, sempre, sonhando.



Sobradinho/92
Postar um comentário