Estado Livre

Minha foto

Bacharel em Administração Pública pela Universidade Católica de Brasília e FACAPE/PE, consultor em administração pública e, em desenvolvimento organizacional, com 46 anos de experiência na área pública iniciada no Exército e, que continuo em toda extensão da vida civil. Responsável por relevantes trabalhos em importância e quantidade, na área de formação e relacionadas ao desenvolvimento da administração pública e das organizações civis; dentre os quais: implantação de entes públicos, reformas administrativas e institucionais, incluindo implantação de município recém-emancipado, planos de carreira, regime jurídico dos servidores, concursos públicos, códigos tributários municipais, defesas de contas públicas, audiências públicas, controle interno, normas de posturas e ambientais, etc. Com a atuação ativa na área da filantropia e das organizações sociais. Com passagens e atuação no Rio de Janeiro, Brasília, Bahia e Pernambuco, onde, inclusive, fixou residência.      

quarta-feira, 10 de maio de 2017

REVOLUÇÃO CIDADÃ. Intervenção e Reforma Radical da Organização Administrativa e do Sistema Político










Profundas e corretas avaliações de Euro Brasílico Vieira Magalhães sobre a necessária reforma do Estado Brasileiro, as quais, faço questão de publicá-las neste blog, pelas imposições da minha consciência, com os meus destaques em negrito. Avaliações e sugestões que comungam com o meu pensamento e certezas. Nildo Lima Santos. Consultor em Administração Pública e em Desenvolvimento Institucional.


Euro Brasilico Vieira Magalhães #Intervenção
Hoje, sem sombra de dúvidas, a SITUAÇÃO É MUITO MAIS GRAVE do que todas as anteriores em que foi necessária uma intervenção. As Forças Armadas, apesar de todo esforço do próprio governo, que detém o poder total da mídia Brasileira, em denegri-las constantemente, ainda é uma das instituições que possui a maior credibilidade junto a população Brasileira.
Com base na ATUAL LEGISLAÇÃO, TOTALMENTE DEFORMADA JURIDICAMENTE, em defesa dos interesses particulares dos atuais políticos e da implantação sistemática do comunismo em toda a estrutura do País, torna-se IMPOSSÍVEL uma SOLUÇÃO POLÍTICA e PACÍFICA. Só resta ao povo Brasileiro e à nação a alternativa de uma INTERVENÇÃO TOTAL pelas Forças Armadas, tanto a NÍVEL FEDERAL COMO ESTADUAL, com as seguintes ações;
a. AÇÕES IMEDIATAS:
1) FECHAMENTO do CONGRESSO NACIONAL e de TODAS as CÂMARAS LEGISLATIVAS dos Estados e dos Municípios brasileiros;
2) RENOVAÇÃO TOTAL, provisória, no âmbito do JUDICIÁRIO Brasileiro;
3) APURAÇÃO justa e sem tréguas de TODOS os ATOS CONTRA a SOBERANIA NACIONAL, de traição da pátria e de corrupção;
4) ELABORAÇÃO de uma NOVA CONSTITUIÇÃO, MODERNA e JUSTA, que contemple um poder controlador e moderador de fato, a que denomino de PODER SOBERANO, o quarto Poder;
5) CRIAÇÃO de um NOVO SISTEMA POLÍTICO que não guarde nenhuma semelhança com os que tivemos nos últimos 192 anos de Império e de República;
6) REFORMA FISCAL, TRIBUTÁRIA e ECONÔMICA;
7) REFORMA EDUCACIONAL;
8) REFORMA ADMINISTRATIVA do Estado, com uma reorganização administrativa provisória (no máximo 4 ou 5 anos), ENXUGANDO o Estado, para torna-lo MAIS EFICIENTE, JUSTO e ECONÔMICO, em prol do cidadão Brasileiro, dos Municípios, da Ordem e do Progresso.
O DESENCADEAMENTO de uma INTERVENÇÃO na atual situação do País, que se encontra TOTALMENTE APARELHADO por COMUNISTAS e CORRUPTOS, com FORÇAS PARAMILITARES e TERRORISTAS espalhadas por todo o seu território, será certamente uma grande ação, que dependerá de planejamento estratégico de uma verdadeira GUERRA CIVIL.
Sabemos perfeitamente o quanto é difícil dominar o sentimento de REPULSA e o DESEJO DE VINGANÇA pelos GRAVES CRIMES cometidos contra o povo Brasileiro e a Pátria, portanto, as Forças Armadas e a Justiça Brasileira deverá saber transformar esses sentimentos em outros, como DEVER E JUSTIÇA, mantendo-se elevado o nível do amor à Pátria, sem passar perto dos perigosos sentimentos como ódio e vingança, que transbordam sua malignidade para dentro de nós mesmos, e então, todas as NOSSAS AÇÕES, BOAS E MARAVILHOSAS, podem se transformar em veneno que nos aniquila, que se propaga à nossa família e prejudica o cumprimento de nossas missões.
A FAMÍLIA É A ALMA DO PAÍS, por isso vale a pena sempre pensarmos nela em todas as nossas decisões, PRIORIZANDO o TRABALHO de UNIÃO de TODOS os BRASILEIROS com propósitos patrióticos e evoluídos, que será de importância fundamental para a RECUPERAÇÃO da DEMOCRACIA, da PAZ, da ORDEM e do PROGRESSO do Brasil.
b. ESTRATÉGIA DAS AÇÕES PARA A INTERVENÇÃO
CLIMA PROPÍCIO – A PÉSSIMA CREDIBILIDADE dos POLÍTICOS e dos PARTIDOS POLÍTICOS em todo o Brasil, aliado aos PÉSSIMOS GOVERNOS onde predomina o NEPOTISMO, a CORRUPÇÃO, os GASTOS PÚBLICOS EXCESSIVOS, INÚTEIS e SEM TRANSPARÊNCIA, a VIOLÊNCIA que transforma o PAÍS INTEIRO em verdadeira SITUAÇÃO de GUERRA, além do claro e INDECENTE SISTEMA de IMPUNIDADE que privilegia os criminosos e atemoriza os cidadãos.
A ação da NOMENKLATURA Brasileira, DOMINANDO toda a política nacional e submetendo os interesses do País à IDEOLOGIA do FORO de São Paulo, que preconiza o Bolivarismo em toda a América do Sul e Central, e implantando o teatro político e a fraude generalizada nas eleições do País.
As constantes pesquisas de opinião pública imparciais que demostram a CONFIABILIDADE nas FORÇAS ARMADAS em torno de 70%.
Consenso e coordenação entre as Forças Armadas – a ser trabalhado imediatamente, sem esquecer jamais do elemento Surpresa – no presente momento, todo o atual sistema político do País deverá ser interrompido antes da posse do novo Presidente e dos Governadores. A Intervenção deverá ser geral e irrestrita, em todo o País e todos os Estados.
Manter a tropa tranquilizada e preparada – realizar comunicação interna reservada de que os comandos estão preparando novos documentos que tornarão a situação dos militares e das Forças Armadas mais equilibradas com os diversos setores nacionais e acionar todas as tropas que poderão ser envolvidas, em operações especiais de treinamento permanentemente.
Apoio do Poder Judiciário – com o atual estado de tensão, basta que seja adotado como primeiro ato do movimento a reunião com membros do Poder Judiciário, provavelmente o Presidente da AMB – Associação dos Magistrados do Brasil, propondo o total FORTALECIMENTO e INDEPENDÊNCIA DO PODER JUDICIÁRIO, que ainda teria a função de coordenar uma GRANDE OPERAÇÃO FEDERAL de JUSTIÇA (com o Ministério Público, Polícia Federal, Receita Federal e Forças Armadas) de apuração de todos os crimes contra o Estado, participações com grupos do crime organizado e em entidades paramilitares em funcionamento no País (tipo Operação Mãos Limpas na Itália).
Todos os Ministros do STF e de outros Tribunais indicados única e exclusivamente pela vontade do Poder Executivo deverão ser demitidos. Os novos Ministros deverão ser eleitos por seus pares em um processo provisório de eleição a ser posteriormente estudado e incluído na Constituição do Brasil.
Apoio de Grupos Econômicos Importantes no Cenário Nacional (FIESP/FEBRABAN/CNI – em virtude do Clima Propício e do sigilo da missão, deverá ser buscado imediatamente após a deflagração do movimento), NÃO DEIXANDO NENHUMA DÚVIDA sobre o FUNCIONAMENTO de um ESTADO de ORDEM, de JUSTIÇA, e de CUMPRIMENTO das LEIS, de MANEIRA ÉTICA e CIVILIZADA.
c. AÇÕES OPERACIONAIS:
As ações operacionais DE TOMADA de todas as POSIÇÕES CHAVES necessárias e de PRISÃO dos elementos principais, ENVOLVIDOS NO ATUAL GOLPE DE ESTADO, que está sendo conduzido lentamente e dissimuladamente até hoje, deverão ser planejadas detalhadamente pelas três Forças e pessoas especializadas convocadas para tal fim:
1) TOMADA DO PALÁCIO DO PLANALTO – e prisão do Presidente, do Vice-Presidente e do Ministro Chefe do Gabinete Civil;
2) TOMADA DO CONGRESSO NACIONAL E SEU FECHAMENTO – Todos os Senadores e Deputados Federais serão destituídos por terem traído a representação do soberano do País – o povo;
3) DESTITUIÇÃO DE TODOS OS GOVERNADORES E FECHAMENTO DE TODAS AS ASSEMBLEIAS ESTADUAIS - os Governadores e os políticos dos Estados serão destituídos imediatamente por estarem envolvidos demais nos crimes dos governantes federais e dos partidos políticos nacionais;
4) DESTITUIÇÃO DE TODOS OS PREFEITOS E FECHAMENTO DE TODAS AS ASSEMBLEIAS MUNICIPAIS - os Prefeitos e os políticos dos Municípios serão destituídos imediatamente por estarem envolvidos demais nos crimes dos governantes federais, estaduais e dos partidos políticos nacionais;
5) DESTITUIÇÃO de todos os Ministros, do Presidente do Banco Central, do Presidente do BNDES, de todos os Ministros do TCU; por estarem envolvidos demais nos crimes dos governantes federais, dos partidos políticos nacionais e de corrupção com grandes empresas;
6) DESIGNAÇÃO DE UM GOVERNO PROVISÓRIO, que, em princípio, será formado por uma Junta de Oficiais Generais das Forças Armadas, no exercício da Presidência da República;
7) DESIGNAÇÃO DE INTERVENTORES – serão designados como Interventores em todos os Estados Brasileiros, como Governadores, Oficiais Generais da ativa, da reserva ou reformados, das três Forças Armadas; e em todos os Municípios Brasileiros, como Prefeitos, oficiais Superiores da ativa, da reserva ou reformados, das três Forças Armadas.
Serão designados Interventores em todos os Comandos Gerais das Polícias Militares estaduais Oficiais Generais ou Coronéis, da ativa, da reserva ou reformados, das três Forças Armadas;
As Polícias Militares serão subordinadas diretamente ao Ministério da Defesa, cujo Ministro será um Oficial General de quatro estrelas, da ativa, da reserva ou reformado, das três Forças Armadas.
8) CONVOCAÇÃO IMEDIATA DOS PRESIDENTES DAS GRANDES REDES DA MÍDIA – Informar-lhes que as concessões passarão por um estado de auditoria e fiscalização permanente, até que seja regulado novo modelo para o sistema de comunicações da República.
Toda mídia nacional deverá se manter fiel aos princípios republicanos e democráticos, aos princípios éticos e morais predominantes, aos valores e ideais, e a virtude, no que diz respeito a forma de vida e ao regime político da ampla maioria dos brasileiros que consegue entender o que isto significa.
Qualquer ato de apologia ao crime por intermédio de seus meios de mídia será motivo para o cancelamento de suas concessões e o resgate de todas as dívidas da rede com o Governo.
Futuramente, todo o sistema de comunicações e da concessão de mídia, após sérios e modernos estudos, serão submetidas à concorrência pública, de caráter internacional, de modo a se evitar o cartel ou o monopólio econômico do setor.
9) DURAÇÃO DAS INTERVENÇÕES E DO FECHAMENTO DAS ATIVIDADES PARLAMENTARES – todos os atos supramencionados terão sua duração até a conclusão das seguintes reformas do Estado:
1- Elaboração de nova Constituição de um novo Sistema Político, devidamente ratificados pelo povo Brasileiro, por intermédio de referendo popular, com seu processo amplamente divulgado;
2- Reforma administrativa de todo a estrutura organizacional do País;
3- Reformas política; tributária e econômica.
d. Estratégias para uma Vitória Definitiva:
Planejar bem antes de entrar em combate e não prolongar a campanha leva à vitória final.
Conhecendo o inimigo e a si mesmo, não há como temer o resultado de qualquer batalha.
Avaliar nossa capacidade e quando estivermos prontos para atacar, deveremos parecer incapazes disso; quando pudermos usar nossas forças, deveremos parecer inativos.
O líder das Forças Armadas será o árbitro dos destinos do povo e o País dele dependerá para ficar em paz ou em perigo.
Todos os planos do inimigo deverão ser frustrados, suprimidos, destruídos, bem como se deverá impedir qualquer união das forças inimigas, internas ou externas e então atacar o inimigo dentro do campo de batalha, sem tréguas ou demora.
Se possível, as tropas do inimigo deverão ser cercadas e subjugadas sem nenhuma luta e todos os seus redutos capturados sem necessidade de sitiá-los, evitando-se operações demoradas no campo de batalha.
Os ataques deverão ser lançados em todos os lugares em que não se é esperado.
A sutileza e o sigilo serão a alma da invisibilidade e inaudibilidade de seus exércitos, o que lhes permitirá manter os destinos do inimigo em suas mãos.
A total união das Forças em qualquer operação das Forças Armadas do Estado resultará em uma grande energia e serão tão imprescindíveis como as combinações das notas musicais, que isoladas não significam muito, mas combinadas dão origem as mais belas melodias.
Deve-se formar um CORPO ÚNICO E COESO DE SUAS FORÇAS e forçar o inimigo a se dividir em frações, e ao DERROTAR essas FRAÇÕES ESPALHADAS em SETORES POLÍTICOS, EM UNIVERSIDADES, NA MÍDIA E NO CAMPO, deverá ser TIRADO DELES DEFINITIVAMENTE O PODER E A INFLUÊNCIA sobre o povo, e AOS CULPADOS de ações criminosas, A JUSTIÇA JAMAIS PODERÁ DEIXAR DE SER FEITA, sendo a única forma de perdão ou magnanimidade dos vencedores, o EXÍLIO DEFINITIVO DO PAÍS, sem os bens que porventura houverem se apoderado do povo e do Estado.
O sucesso definitivo das operações junto ao povo de um ESTADO DOMINADO E ENGANADO, após a derrota do inimigo, virá rapidamente ao se instituir a TOTAL SEGURANÇA PÚBLICA; ao se implantar novamente A JUSTIÇA; ao se ALIVIAR O POVO DOS IMPOSTOS ABUSIVOS e finalmente, ao se implantar uma ADMINISTRAÇÃO SÁBIA, ÉTICA E HONESTA.
Como a desordem e a algazarra no seio do inimigo estão agora ocorrendo, pela LUTA de MUITAS FRAÇÕES INIMIGAS pelo PODER, e sua ESTRUTURA ECONÔMICA E FINANCEIRA DESORDENADA e PERDULÁRIA está cada vez mais difícil de esconder, advindo problemas graves, que só aumentarão daqui para frente, como MUITA INFLAÇÃO, MAIS TRIBUTOS e JUROS cada vez MAIS ALTOS, é chegado o momento de se manter a frieza, a presença de espírito e de SE FAZER a GUERRA para a VITÓRIA DEFINITIVA.
O GENERAL que AVANÇA sem ambicionar a fama ou que bate em retirada sem temer a desgraça, cujo único pensamento é proteger seu País e prestar um bom serviço à sua população, é a JOIA da PÁTRIA.
“As FORÇAS ARMADAS são o BALUARTE do ESTADO e deverão estar preparadas em todos os sentidos, para que o ESTADO SEJA FORTE.
As FORÇAS ARMADAS serão VENCEDORAS, RECONHECIDAS e ESTIMADAS pelo seu POVO sempre que souberem o momento de lutar; quando suas tropas estiverem animadas pelo mesmo espírito em todos os níveis de hierarquia; quando tiver a CAPACIDADE MILITAR ACIMA da INTERFERÊNCIA do 'SOBERANO’.
É hora de MUDAR O RUMO DA HISTÓRIA - e o Povo escreverá essa Página da História do Brasil!
Esta é a opinião de um simples brasileiro patriota, que reconhece o valor, o potencial e a pujança de sua Pátria.
Tudo por um Brasil mais ético, justo, civilizado e evoluído para as nossas futuras gerações. É com as ideias que mudaremos o nosso País!
Este artigo faz parte do Estudo "O VOO DA FÊNIX", de minha autoria, ELABORADO em 2006 e ATUALIZADO em 2014 e 2016.
Euro Brasílico Vieira Magalhães – Ten. Cel. Ref. FAB, Professor e autor do Livro EVOLUÇÃO CIDADÃ.


Postar um comentário